terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

AS CRIANÇAS FORA DAS ESCOLAS

Entra governo e sai governo e o discurso é sempre o de toda criança na escola ! Claro que esse discurso está na preocupação da existência do grande número de crianças e adolescentes que não frequentam escola de alguma maneira. Mas a coisa é bem mais grave que se imagina. Mesmo para as crianças que estão na escola é necessário se fazer uma outra pergunta para as que já estão matriculadas: o que essas crianças fazem quando não estão na escola? Essa pergunta se faz necessário devido a influência que o ambiente externo tem sobre a educação total de um cidadão.

A educação de uma criança não é feita somente e durante o tempo que ela se encontra na escola e sim, ele também é educada pela família e de uma maneira ou outra pelo ambiente social em que está inserida. Qual tipo de educação que as crianças e adolescentes estão recebendo em paralelo a educação que está sendo feita na escola? Essa pergunta é muito importante para sabermos o motivo de não se conseguir matricular e manter essas crianças nas escolas.


As nossas escolas ainda ter o formato e permanência dessas crianças como se estivesse trinta ou quarenta anos atrás. De uma maneira ou outra a criança ou adolescente era matriculada em um dos turnos e nos outros a criança ficava e ainda ficam em ambiente fora da escola, ou seja, o tempo que a criança permanece sob influência do ambiente externo a escola é muito maior que o de permanência no ambiente interno escolar. No decorrer dos últimos quarenta anos a escola sofre e sofreu a concorrência dos seguintes itens: paixão do futebol, surgimento das TV com novelas e filmes de ação, surgimento dos computadores e atualmente temos a concorrência da internet interligando os diversos tipos de computadores. No decorrer deste mesmo período tivemos o agravante da diminuição da educação familiar devido a maior ausências na participação diretas dos pais na vida das crianças. Devido a fatores relacionados ao trabalho os país passaram a ter uma convivência cada vez menor com os filhos!

Durante a década de 70, do século XX, foi quando estourou a paixão pelo futebol do povo brasileiro. Foi a década que o Brasil foi tricampeão Mundial de Futebol e esse fato teve uma influência muito grande na formação e interferência na geração desta época. A quantidade de campos de peladas existentes e a construção de centenas de Estádios de Futebol por parte dos Estado demonstra essa grande influência. Era muito comum as crianças faltarem às aulas para jogar bola. As crianças passavam mais tempo jogando bola que estudando. Neste período a ausência dos pais no convívio familiar ainda não era tão grande.

Com o surgimento das Redes de TVs, uma parte do tempo das pessoas (inclusive dos estudantes) passaram a ser ocupados pelos diversos programas apresentados e entre eles se aproveitou a grande audiência do futebol (mas para o público masculino) e uma outra grande parte passou da audiência veio das chamadas telenovelas (mais o público feminino). A educação das crianças passaram a ter o tempo distribuído entre escola e o tempo assistindo programas de TVs. Nesta época a ausência dos pais no convívio das crianças passaram a serem de um tempo bem maior.

Nos tempos atuais o tempo da criança passou a ser ocupado por mais um integrante que é a figura do computador e o surgimento da internet. No caso da internet, a concorrência que a escola vem sofrendo é bem maior já que a internet é acessada por dispositivos portáteis que passaram a invadir até mesmo o ambiente escolar, ou seja, o tempo que as crianças destinam a educação escolar é cada vez menor e cada vez mais sem a presença dos pais no convívio familiar. Existe a tentativa de se direcionar o uso destes dispositivos para facilitar a educação destas crianças, mas estranhamente as Redes Públicas de Ensinos nos países que usam poucos computadores do mundo são ironicamente as melhores. 

Com o surgimento da internet e dos diversos dispositivos digitais onde se pode simular jogos, aulas, assistir vídeos e até mesmo a paixão do brasileiro passou a ser curtida em ambiente digital (se joga futebol olhando na tela do computador) está influenciando no aspecto físico das pessoas. A situação é como resolver o problema educacional e também tem o problema de saúde mental e física destas crianças no qual elas passam muito tempo parada em frente a tela e pouco se pratica esportes na vida real usando esforço físico.

Texto original: CARLOS - Professor de Geografia
Antônio Carlos Vieira
Licenciatura Plena - Geografia (UFS)



Nenhum comentário:

Postar um comentário