sábado, 23 de junho de 2012

INFLUÊNCIA DOS POVOS NA CULTURA BRASILEIRA

Por: Antônio Carlos Vieira

Falta de conhecimento ou discriminação!

Nos livros didáticos consta que a formação do povo brasileiro se deu por influência do negro (nativo africano) do índio (nativo americano) e dos portugueses. Posteriormente vieram se somar a nossa populção: alemães, espanhóis, holandeses, poloneses, italianos, japoneses, coreanos, etc.

A impressão que fica é que a influência dos nativos americanos (índios) e nativos africanos (negros) foi menor por se tratar de apenas dois povos!. 

Esta impressão é reforçada pelos grandes meios de comunicação que mostram nossos nativos e os africanos de forma homogênea. Os índios são mostrados como fossem iguais em todo o território nacional e os negros como se tivessem vindo de um único país com uma única cultura.

Os escritores, jornalistas e pesquisadores que escreveram esses livros não divulgam os índios como participantes de várias nações (tínhamos e ainda temos várias nações indígenas) e os negros como povos vindos de vários outros países com idiomas, costumes e religiões diferentes. 

Do jeito que a coisa é colocada, fica a impressão que o número de povos brancos influênciaram em maior número e de maneira mais influente na nossa cultura e ficando oculto a heterogeneidade dos povos indígenas e povos africanos

Uma das grandes dificuldades que os negros tinham para se organizar e resistir contra a escravidão era justamente que, em uma mesma senzala, eles eram confinados com outros negros de países diferentes e consequentemente com dialetos diferentes. Como se organizar se existia a dificuldade da comunicação? Além de não conhecerem a região para onde foram trazidos (fugir sem saber para onde!) , tinham o problema de como dialogar e planejar a fuga!

Mesmo nos dias atuais, existe a Organização dos Povos Indígenas, eles realizam Congressos, tratam de assuntos em defesa e divulgação das causas indígenas e tem como dificuldade a comunicação entre eles, justamente por pertencerem a nações indígenas diferentes com culturas e idiomas diferentes.

Será que essa falha, destas informações, é falta de conhecimento sobre esses outros povos ou é discriminação racial? 

Seja qual for o motivo, quando da explicação da influência das diversas culturas, destes diversos povos, deveriam falar dos povos brancos de origem européia: portugueses, espanhóis, alemães, etc; dos povos indígenas: tupinanbás, guaranis, xingós, etc e dos povos africanos: nigerianos, angolanos, moçambiquenhos, etc de maneira que fique claro a existência de várias nações de nativos americanos, da existência de vários países dos nativos africanos e da mesma maneira que deixam claro a influência de vários povos brancos em nossa cultura.

Textos relacionados:
O Povo Brasileiro e sua descendência

BIBLIOGRAFIA
SENE, Eustáquio de, MOREIRA, João Carlos - Geografia Geral e do Brasil, Editora Scipione, 1997 - São Paulo
MAGNOLI, Demétrio, ARAUJO, Regina - Geografia Geral e do Brasil - Paisagens e Territótio, Editora Moderna, 1997 - São Paulo

Páginas pesquisada (Sites)
http://www.linguaportuguesa.ufrn.br/pt_3.3.a.php


3 comentários:

  1. obrigado amigo pelo link,dessa informação tão importante,que nós e sonegado a informação de proposito,justamente para desvalorizar os negros africanos que deram origem a varias culturas e familias,no nosso brasil assim como os indios nativos e os que vieram de outros paises trazidos de maneiras diversas sendo todas elas inlegais,muito obrigad....

    ResponderExcluir
  2. À pergunta do penúltimo parágrafo, arrisco: é simplificação mesmo. Por falta de senso da importância que isso requer.

    ResponderExcluir
  3. Não Tem Nada Do Que Eu Quero Aqui'

    ResponderExcluir